Conheça os tipos de Bombas d´Água e suas funções

Bombas d´Água: Centrífuga, Auto-Aspirante e PeriféricaA caixa d´água da minha casa fica numa posição bem alta , +- 10 metros do solo , por onde circula a água no condomínio, desejo colocar a bomba d´água no solo, logo após o medidor e fazer a sucção do cano d´água para levar até minha cisterna, quais as bombas indicadas e qual a diferença entre uma e outra, centrífuga, centrífuga auto-aspirante e periférica?

Primeiramente é importante saber que a maioria dos códigos sanitários estaduais proíbe a instalação de qualquer tipo de bomba diretamente na tubulação das concessionárias que abastecem as residências.

Afinal, isso influi diretamente na capacidade de abastecimento de água da localidade, é necessário que você consulte as diretrizes da concessionária local e obtenha mais informações a respeito deste tipo de instalação.

A respeito das diferenças entre os tipos de bombas, vamos lá.

Bomba Centrífuga

 

bomba centrifuga

As bombas centrífugas funcionam com força centrífuga e necessita de uma válvula de retenção, ou seja, as chamadas válvulas de pé, na extremidade inferior da tubulação de sucção.

Isso permite que a tubulação de sucção permaneça sempre cheia, tornando o esforço mínimo de sucção da bomba.

Bomba Centrífuga Auto-Aspirante

 
bomba centrifufa auto aspiranteAs bombas centrífugas auto-aspirante também são bombas que funcionam com força centrífuga, porém este tipo de bomba não necessita de válvula de pé.

Por ser auto-aspirante esta bomba tem a capacidade de encher a tubulação de sucção e conduzir a água para alturas elevadas, em seu próprio corpo há um compartimento em que ela retém a água diminuindo o esforço da bomba.

 

Bomba Auto-Aspirante Periférica

 
bomba auto-aspirante perifericaEm geral esta bomba é semelhante à bomba auto-aspirante, porém com a capacidade manométrica bem maior do que as bombas comuns também não necessitam de válvula de pé.

Este tipo de bomba é muito utilizado onde há risco momentâneo de falta repentina de abastecimento de água, onde ocorre àformação de bolhas de ar, ele rapidamente elimina o ar e mantém o abastecimento normalizado.

Em relação à distância e altura de recalque, é preciso verificar a tabela de cada fabricante, porém em geral a altura manométrica de recalque dessas bombas é de 10 metros, observe o catálogo e escolha a qual mais atende a sua necessidade, tanto técnica quanto econômica.

É ideal que você construa uma cisterna o mais próximo possível do hidrômetro, isso facilitaria o abastecimento, diminuindo a perda de pressão de entrada de água, aí sim você poderia instalar uma dessas bombas na cisterna, que conduziria a água para o reservatório mais próximo, não interferindo na pressão da rede de abastecimento da concessionária local.

Submersas :

Bombas que ficam submersos na água, divididos em dois grupos chamados de submersível e submersa. A bomba submersível realiza o trabalho por um determinado período (que varia de acordo com o fabricante), mas deve ser retirada da água após o seu uso, ser secada e guardada. Por isso, essa bomba é indicada para casos de inundações. Já as submersas são produzidas para permanecer dentro da água. Os modelos podem ficar a, no máximo, 20 metros de profundidade – valor que varia de produto para produto. Para controlar o volume de água dentro do reservatório, é indicada a instalação de uma boia de nível.

Injetoras :

Devido à potência e à capacidade de aumentar a sucção da água, essa bomba atinge profundidades de até 20 metros.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s